expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 13 de setembro de 2011

São Mamede



São Mamede, ou Mamede de Cesareia, sendo que o seu nome é traduzido de Mammes, seu nome em latim, é um santo venerado tanto pela Igreja Católica como Ortodoxa. Nasceu no séc. III, na cidade de Cesareia, que hoje tem o nome de Kayseri, na Turquia, que na altura estava sobe o poder do Imperador Romano Aureliano.
A História deste santo é deveras interessante, uma óptima lição de vida, não sei se posso dizer que tenho uma grande ligação com ele, mas nasci decerto sobe a benção dele, pois este é o patrono da minha aldeia natal, Lufinha, fica no Norte de Portugal no concelho de Viseu, e lembro-me de ouvir a minha bisavó dizer que na altura do meu nascimento foram orar na capela do Santo para assistir o parto e me guardar da morte, pois grande era o medo, já que tive uma irmão antes de mim que acabou por falecer.
Mas voltando á biografia do santo, a sua vida começou em martírio, pois os seus pais Theodotus e Rufina, conceberam o santo enquanto estavam presos, devido a praticarem a fé cristã. Mamede ficou desde cedo orfão, pois os seus pais foram executados, e ele teve a sorte de ser adoptado por uma senhora rica chamada Ammia, mas aos 15 anos, Mamede fica completamente sozinho, pois a sua tutora morre e ele torna-se alvo do povo Romano.
  O jovem ainda novo é capturado e torturado pela sua fé, pelo governador de Cesaria, e mais tarde pelo Imperador Romano Marco Aurélio, mas é aí que a história da sua santidade começa, diz-se que quando ele já estava fraco de tanto ser torturado, apareceu um anjo que libertou o pequeno Mamede, e lhe disse que devia ir a uma montanha perto de Cesaria, e assim o santo começou a sua jornada.
No meio do caminho um grupo de leões ferozes aparaceram, ameaçando o santo, mas este orou a Deus, e logo os leões ficaram dóceis, como se fossem gatos, a partir desse momento acompanharam Mamede na sua jornada.
Acompanhado pelo leão, foi visitar o Duque Alexandre, que logo o condenou á morte, acusando-o de ligações com energias do mal, que lhe tinham permitido andar com um leão domesticado. O Duque foi o mais agressivo e cruel, pegou em um tridente e espetou-o no abdómen do jovem e arrancou o estômago.
Mesmo mortalmente ferido, o santo arrastou-se até ao cume da montanha e lá Deus concebeu-lhe um novo estômago e cicatrizou a ferida, mas disse-lhe que o seu momento de entrar no reino dos céus tinha chegado, e assim foi levado para o regaço de Deus.
No século VIII as suas relíquias, a sua cabeça, foi transportada para Langres, para a Catedral de Saint-Mammès, em França, esta Catedral também foi o lar de muitas outras relíquias de santos martirizados na mesma altura que São Mamede.
São Mamede é o santo patrono de Langres, dos bebés recém nascidos e também das pessoas com problemas de ossos, especialmente na coluna, mas o que realmente é importante é a sua vida, a bela história que mostra que quando se tem fé não importa os obstáculos, Deus está sempre do nosso lado.
É realmente triste ver que o homem teve uma grande necessidade, em torno de todos os tempos, de fazer mal a crianças tão jovens com tal ligação com Deus, e o Santo Mamede apenas mais um na linhagem de tantos outros, que foram cruelmente torturados.
Fica aqui mais uma história para lerem e meditarem, pois cada vida faz parte da história do nosso planeta, e todas elas nos ajudam a entender melhor a nossa missão e o nosso caminho ascensional.



Jai Gurudev

5 comentários:

  1. Parabéns pelo post!!

    Sei que são mamede é importante para ti e para a tua familia!!

    Um abraço!

    Continua!

    Flávio

    ResponderEliminar
  2. Ola Flávio,

    e verdade, o S.Mamede e mt importante para mim e para alguns elementos da minha familia :P nem todos sentem essa ligação, o que é pena.

    Muito Obrigado
    Abraço!

    ResponderEliminar
  3. O dia de São Mamede é 13 de Setembro?
    Dia do Nascimento do meu filho Matheus Mamede. Nossa família é Mamede e temos muito orgulho. Linda a história. Somos brasileiros de São Luís do Maranhão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lea,
      Seu filho então é um abençoado :) Um grande santo, com uma linda história e com uma bela energia.

      Muita Luz :)

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar